domingo, 5 de julho de 2009

Afastamento de Funções: Reflexão final.

Tenho, nos últimos anos, dedicado uma parte da minha vida profissional à função de Avaliador Externo no âmbito dos Processos de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências. É agora chegada a altura de me afastar, definitivamente, desta função. Assim, no dia 31 de Julho de 2009, como já comuniquei às entidades competentes, cessarei o trabalho neste âmbito. Para além de o fazer “no terreno” também o farei relativamente a este espaço. Mas quero deixar uma reflexão e balanço neste pequeno texto.

Foram vários anos em que vi “morrer” a ANEFA, “nascer” a DGFV, “morrer” a DGFV, “nascer” a ANQ (entidades tutelares), em que vi nascer os processos de RVCC em Centros RVCC, agora “Novas Oportunidades”. Em que acompanhei as primeiras dúvidas, medos, desejos e reflexões. Em que fiz os primeiros júris (e recordo o primeiro em Águeda, como se fosse hoje), assim como, vi crescer a rede de Centros Novas Oportunidades e com eles a disseminação do processo. Vi serem implementados os cursos EFA de nível Básico e vivi a experiência piloto dos cursos EFA de Nível Secundário. Foram anos, vários, que tentei dar o meu contributo para a qualidade e, acima de tudo, o reconhecimento social do processo de RVCC. Em que procurei estar sempre disponível para apoiar as equipas e com elas trabalhar. Anos em que ouvi milhares de adultos mostrarem as suas competências adquiridas pela vida, com a vida e no superar das dificuldades, alegrias ou na realização de projectos pessoais, sociais ou profissionais. Com eles aprendi muito. Estarei sempre, eternamente grato, pelo que aprendi com cada uma das pessoas que conheci. Quanto às equipas dos centros fica uma palavra de profundo agradecimento pelo que me permitiram conhecer, pela colaboração e pela dedicação que nunca poderá ser esquecida pela imensa mostra de profissionalismo que representa. Com cada equipa aprendi muito. O meu obrigado:

à equipa do Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária de Sever do Vouga (pela ambição);
à equipa do Centro Novas Oportunidades do Agrupamento de Escolas de Ansião (pela competência);
à equipa do Centro Novas Oportunidades da Escola Básica João Brito Camacho, Almodôvar (pela integração);
à equipa do Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária de Arganil (pela abertura);
à equipa do Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária João Franco, Fundão (pela amizade);
à equipa do Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária da Gafanha da Nazaré (pelo humanismo);
à equipa do Centro Novas Oportunidades do Instituto Educativo e Tecnológico de Cascais (pela determinação);
à equipa do Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária Joaquim de Carvalho, Figueira da Foz (pela valorização);
à equipa do Centro Novas Oportunidades da Escola Nacional de Bombeiros, Lousã (pelo companheirismo);
à equipa do Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária da Mealhada, (pela dedicação);
à equipa do Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária Campos Melo, Covilhã (pelo profissionalismo):
à equipa do Centro Novas Oportunidades do NERGA (pela coerência);
à equipa do Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária de Pombal (pela inovação);
à equipa do Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária Marques Castilho, Águeda (pela evolução);
à equipa do Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária da Anadia (pela juventude);
à equipa do Centro Novas Oportunidades do Agrupamento de Escolas da Pampilhosa (pela determinação);
à equipa do Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária Alves Redol, Vila Franca de Xira (pela capacidade);
à equipa do Centro Novas Oportunidades do IEFP de Aveiro (pelo acolhimento);
à equipa do Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária de Maximinos (pelo sonho);
à equipa do Centro Novas Oportunidades da Associação Fernão Mendes Pinto (pela formação);
à equipa do Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária Inês de Castro, Alcobaça (pela partilha);
à equipa do Centro Novas Oportunidades da Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos (pela integração);
à equipa do Centro Novas Oportunidades do Ministério da Educação (pela determinação);
à equipa do Centro Novas Oportunidades da Escola Tecnológica e Profissional de Pombal (pela vontade);
à equipa do Centro Novas Oportunidades do Agrupamento de Escolas de Maceira (pela transversalidade);
à equipa do Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária Fernando Namora, Condeixa (pela qualidade);
à equipa do Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária de São Pedro do Sul (pela valorização);
e a todas as equipas de todos os centros com que colaborei ou troquei centenas de e-mails, telefonemas e realizei reuniões, pela dedicação. O meu obrigado.

Quero ainda referir e deixar o meu reconhecimento à Agência Nacional para a Qualificação (ANQ). Se por ser a entidade tutelar do processo temos sempre a ideia que é sua a responsabilidade, para o bom e para o mau, a verdade é que encontrei sempre um feedback relevante e importante para o meu trabalho. Tenho que agradecer particularmente à Dra. Maria do Carmo Gomes, Dra. Francisca Simões, Dra. Dora Santos e Dra. Cristina Milagre, de quem testemunhei uma dedicação impar e um profissionalismo sem igual na defesa das ideias, projectos e efectiva mudança para a Educação e Formação de Adultos em Portugal.

Por fim, aos adultos. A cada um deles. Obrigado pelo que aprendi. Simplesmente isto. Obrigado pelo tanto que aprendi com cada uma das pessoas que conheci.

Quanto a este espaço, o Blog RVCC/NO, irei nos próximos dias convidar três a quatro pessoas, que trabalhando no terreno, espero que estejam disponíveis para o continuar, num espírito de colaboração e trabalho em conjunto, sendo que, de tempos a tempos regressarei aqui para deixar algumas reflexões uma vez que não abandonarei o olhar atento sobre esta realidade nem tão pouco a minha relação profissional com a Educação e Formação de Adultos. Até ao final do presente mês irei manter a actualização diária do mesmo, como sempre.

A todos o meu obrigado por esta parte da minha vida e o meu voto sentido de desejo de sucesso para o futuro!

8 comentários:

Paulo Antunes-Esmax disse...

Nem sei como te agradecer toda a colaboração e apoio para construir o "sonho". Um grande abraço e saudações EFA.

Mafalda Branco disse...

Olá João!
Como profissional de RVC só posso agradecer o privilégio que foi trabalhar consigo. Se a nossa equipa, e eu própria, evoluímos foi, sem dúvida, devido ao apoio e à disponibilidade que sempre demonstrou, dando pistas e sugestões para o caminho a trilhar.
Desejo-lhe o maior sucesso!
Obrigada por tudo!
Com amizade,
Mafalda Branco

IM disse...

Olá!
Vezes sem conta tenho recordado o meu "primeiro" júri, em pleno final de estágio curricular. 24 de Maio de 2007, um dia ainda muito presente. São momentos que marcam o meu percurso académico.
Da mesma forma como o João refere que se recorda do 1.º júri, também a imagem do meu (sem naquele momento saber se o meu caminho continuaria nesta área...) é uma marca sempre presente.
Recordo, também, com saudade, momentos passados no CNO da Escola Secundária com 3.º Ciclo de Pombal, onde cresci um pouco mais como pessoa e profissional (este crescimento é contínuo e ainda terei muito a e por percorrer). Onde, em reuniões e sessões de júri de certificação, me foi possível enriquecer-me com as "dicas" e sugestões que o João, enquanto Avaliador Externo, nos ia dando para, também nós, solidificarmos o nosso espírito de Equipa.
Por tudo isso, também o meu agradecimento especial!
Até breve,
Isabel Sofia Moio

AS disse...

Viva João Lima!
Não tenho palavras para agradecer toda a disponibilidade e apoio com que contribuiu para a qualidade do nosso trabalho.
Obrigada por tudo!
Até sempre.
Alice Maria Santos

AdSL disse...

João!
Pela partilha, aprendemos (passado e presente) contigo! Obrigada pela referência: é bom saber que estamos aí, algures, num cantinho das tuas memórias e do teu coração :)

armando disse...

Ainda bem que tive o privilégio de o conhecer quando, em Abril, terminei o meu processo RVCC-NS no CNO Escola Secundária de Pombal. Desde então tenho seguido os seus pensamentos, ideias e conhecimentos através do blogue. Não costumo empregar expressões demasiado usadas mas não tenho outra forma de dizer que o seu afastamento é uma grande perda para os CNO, o Processo RVCC, Adultos e para todos os interessados no desenvolvimento cultural da sociedade.
Bem-haja!
Armando Vieira

Paulo P. disse...

Professor João Lima, desejo-lhe as maiores felicidades na sua vida pessoal e profissional. O seu blog foi, para mim, uma importante fonte de conhecimento e de esclarecimento de dúvidas, durante o meu processo RVCC Secundário! Foi com muito prazer que eu respondi ao seu pedido para deixar o meu testemunho/contributo, após a minha sessão de júri, a 29 de Dezembro de 2008.

Um grande abraço

Paulo P.

JL disse...

Obrigado a todos pelas palavras. Sou eu que tenho que agradecer o tanto que aprendi com cada um de vocês.

Obrigado!
João Lima