sábado, 29 de novembro de 2008

A Declaração de Qualidade: Um exemplo

Recentemente tenho assistido a um debate emergente em torno da Ética e da Qualidade nos Centros Novas Oportunidades. Deixo a ideia de uma «boa-prática» que pode resultar quando associada a uma mentalização da equipa em torno das ideias fundamentais para o processo RVC.

O NERGA desenvolveu para o Centro Novas Oportunidades uma declaração de qualidade. Aqui fica um conjunto base de princípios que podem definir regras de ética e orientações de qualidade fundamentais:

«Valores e princípios

Centrados no Adulto :
· Igualdade de oportunidades para todos aqueles que nos procuram;
· Transparência na relação entre o adulto e a equipa técnica do CNO;
· Equidade no tratamento em todas as fases do processo de RVCC;
· Ética e confidencialidade por parte da equipa técnica;
· Reforço da identidade e da autonomia do adulto através da valorização do percurso de vida e respectivas experiências.

Centrados na equipa técnica :
· Espírito de equipa e de cooperação;
· Seriedade e rigor;
· Co-responsabilidade;
· Abertura à inovação e aperfeiçoamento permanente na prestação de serviços ao adulto;
· Flexibilidade funcional;
· Desenvolvimento de competências .

Centrados nas parcerias e na Rede de Centros Novas Oportunidades:
· Disponibilidade e cooperação técnico-logística ;
. Partilha de recursos e competências.»

1 comentário:

Cidália disse...

Parabéns à equipa do Nerga: parece-me uma proposta muito válida!

Cidália