domingo, 31 de outubro de 2010

7 Saberes (necessários à Educação do Futuro)

Num fim-de-semana que, além de mais extenso do que o habitual, nos “ofereceu” a hora que nos “roubou” há uns meses atrás, vale a pena aproveitar alguns minutos dessa hora para reflectir sobre os 7 Saberes que Edgar Morin definiu como essenciais à Educação do Futuro:

  1. erro e ilusão (não afastar o erro do processo de aprendizagem, mas sim integrá-lo nesse processo, para que o conhecimento avance);
  2. o conhecimento pertinente (juntar as mais variadas áreas de conhecimento, contra a fragmentação);
  3. ensinar a condição humana (não somos um algo só – somos indivíduos culturais, psíquicos, físicos, míticos, biológicos, etc.);
  4. identidade terrena (a Terra é um pequeno planeta que precisa ser sustentado);
  5. enfrentar as incertezas (a ciência deve trabalhar com a ideia de que existem coisas incertas);
  6. ensinar a compreensão (a comunicação humana deve basear-se na compreensão, pelo que esta deve existir entre departamentos de uma escola, entre alunos e professores, etc.);
  7. ética do género humano (não desejar para os outros aquilo que não queremos para nós).




Assim, numa sociedade (da informação e do conhecimento) cada vez mais fluida e exigente (exige competências, flexibilidade e elasticidade de pensamento e uma sábia gestão do tempo, entre muitos outros requisitos que fazem do Ser Humano um verdadeiro Ser em Devir), estes 7 Saberes vestem-se de significado não apenas a pensar num “amanhã” a médio ou longo prazo, mas também num “amanhã” a curto prazo porque tudo deve estar integrado...

...para permitir mudança de pensamento!


...para que se transforme a concepção fragmentada e dividida do mundo, que impede a visão total da realidade!

1 comentário:

Centro Novas Oportunidades disse...

OLá Isabel
Foi uma excelente ideia trazer aqui este tema. Esta visão mais humanista e mais holística, poderá ser um importante ponto de partida para alguma reflexão.
Gostei particularmente do nº 5, e refiro que deve ser um desafio da ciência, igualmente de cada um! O futuro é incerto, o que não nos deve de modo algum travar!

Cidália