domingo, 18 de maio de 2008

O Diagnóstico: Uma metodologia complementar.

Terminou uma semana de formação dos CNO sobre Diagnóstico e Triagem. Deixamos aqui, neste espaço, uma reflexão em jeito de estrutura metodológica... Talvez um desafio, talvez uma provocação...


2 comentários:

Mafalda disse...

Concordo com a sua perspectiva e deixo-vos apenas com esta citação, em jeito de provocação, do Prof. José Manuel Castro:
"No BC, o que está em causa não é a associação dos indivíduos (agora avaliados) com as ofertas de formação/certificação (novamente o modelo tradicional), mas sim o incentivo à participação voluntária e activa dos sujeitos na construção de (novos) projectos pessoais e de carreira, projectos esses que constituirão o resultado de uma interacção entre o passado, o presente e o futuro."
O PDP começa, como diz o Dr. João, mal o adulto entra no CNO e deve aompanhá-lo ao longo de todo o percurso, seja ele qual for.

Bom trabalho!
Mafalda Branco

JL disse...

Olá Mafalda,

Este post meu, com esta apresentação, é mesmo uma provocação... não sou fã de grelhas que uniformizam. Sou fã de pessoas que procuram e devem obter uma estratégia de percurso formativo que vise a qualificação...

E com este comentário, mais uma provocação...

Até breve,
JL