terça-feira, 6 de março de 2007

Plano de Formação da ANQ

Tendo em vista a implementação do Referencial de Competências-Chave para a Educação e Formação de Adultos - nível secundário, foi definido um plano de formação e de acompanhamento que abrangerá todos os Centros Novas Oportunidades. A formação incidirá ainda no Referencial de Competências-Chave para o nível básico para todos os Centros Novas Oportunidades criados em 2006.

1 comentário:

Bruno disse...

O problema do RVCC é o seguinte. Os critérios de evidência permitem graus de exigência próximos do 9º ano. Tome-se como exemplo o caso da poupança de energia no núcleo âmbiente e sustentabilidade. Qualquer adulto que apresente uma fotografia de lâmpadas económicas em casa, a respectiva factura e um texto pesquizado na net sobre a problemática pode se o texto for bem escolhido ter uma competência. Ora vejamos, hoje em dia no 9º ano de Escolaridade de FQ faz-se precisamente este exercício.

Este processo deveria ser mais escolarizado definindo exactamente os conteúdos associáveis a um 12º ano. Se não for desta forma a subjectividade do processo é potenciada descreditando a certificação atribuída.