sexta-feira, 2 de março de 2007

O Processo de RVCC - Simplificado

2 comentários:

Inês Pinho disse...

Muito bom dia.

O meu nome é Inês Pinho, sou psicóloga e formadora, e decidi escrever porque segunda-feira próxima irei a uma entrevista de emprego para Profissional de RVC e estou, naturalmente, a rever informação relativa ao processo de RVCC, às metodologias, às competências do Profissional de RVC e demais aspectos.

Neste estudo, tenho-me deparado com algumas dúvidas, motivo pelo qual estou a escrever, na esperança de que me possa ajudar a esclarecer e ir melhor preparada para a entrevista.

Desse modo, e se não for incómodo, envio uma lista das dúvidas encontradas até agora:

1. O processo desenrola-se em formato individual e em grupo, por que sequência?

2.Frequentemente, quantas pessoas integram um grupo?

3. Habitualmente, quanto tempo implica este processo?

4. A definição dos Temas de Vida surge como e em que altura?

5. O processo orienta-se por créditos? (li isso no Referencial para EFA nível secundário)

6. Designa-se por Dossier Pessoal e Profissional o documento elaborado, ou por Portefólio Reflexivo de Aprendizagens (vão alterar a nomenclatura)?

7. Como definir a competência "aprender a aprender"?

8. O referencial usado para o nível básico incorpora também o inglês e o francês? De que modo?
No caso de um cidadão estrangeiro integrar o processo de RVCC nível básico, a avaliação da área LC pode tomar por base a sua língua materna, avaliando o Português como segunda língua?

9. Como se concretiza o recurso aos formadores (formação em grupo, individual, contínua ou esporádica)?

E, por enquanto é tudo… isto, porque ainda estou a rever informação sobre a matéria.

Contudo, espero que a entrevista não explore outros pormenores que, naturalmente, me escapam. Espero, porque é sem dúvida uma área que considero bastante interessante e enriquecedora, pessoal e profissionalmente e na qual tenho apostado bastante, na prática e academicamente.

Muito obrigado!

Inês Gomes
albergariapinho@gmail.com

JL disse...

Cara Inês Gomes,

A resposta às suas questões foi enviada por email.
Obrigado por consultar este espaço. Seja sempre bem-vinda.